Alagoana que aluga quarto na Jatiúca se torna única brasileira em conselho global de anfitriões do Airbnb

Rodrigo 17 de fevereiro de 2023

 

Dandara Buarque: alagoana que aluga quarto em apartamento na Jatíúca (acima) é única brasileira em conselho do Airbnb  Foto/Wagner Santana

 

A plataforma de serviço de hospedagem Airbnb, gigante global com sede em São Francisco, Estados Unidos, que já recebeu mais de 1 bilhão de hóspedes em todo o mundo, acaba de anunciar a alagoana Dandara Buarque como a única brasileira no Conselho Consultivo de Anfitriões da empresa em 2023.

Com a indicação, a alagoana passa a fazer parte de um seleto grupo de 23 anfitriões da plataforma (entre mais de quatro milhões no mundo) com direito a influenciar diretamente as políticas, programas e novos produtos desenvolvidos pela Airbnb no mundo inteiro.  

Segundo a plataforma, os anfitriões que integram o conselho são nomeados com base em sua experiência, maestria ao hospedar e enorme impacto em suas comunidades. “O Conselho Consultivo de Anfitriões desempenha um papel importante no sucesso do Airbnb e de anfitriões em todo o mundo”, diz Catherine Powell, Diretora Global de Acomodações no Airbnb, lembrando que eles têm voz ativa como representantes da comunidade de anfitriões na empresa.

Psicóloga por formação, Dandara disse a AGENDA A que teve sua primeira experiência como anfitriã do Airbnb em 2017 por sugestão da mãe, que viu na possibilidade de alugar um quarto no seu apartamento na Jatiúca como uma forma de diminuir as despesas mensais. “Como tinha medo de perder privacidade, confesso que só coloquei o quarto na plataforma por insistência da minha mãe e até com má vontade”, diz Dandara. “Mas logo após o desembarque dos primeiros hóspedes e de vários comentários e retornos positivos, fui me apaixonando pela plataforma e buscando cada vez mais informações para melhorarmos nosso desempenho”.

Pela avaliação dos usuários, Dandara não apenas conquistou em seguida o selo da plataforma “superhost”, como se tornou em 2020 uma líder de comunidade e, em 2021, uma das embaixadoras da plataforma, cargos voluntários (com premiações pontuais) que atuam como consultores e facilitadores de novos anfitriões na plataforma. E foi essa pontuação, aliada ao histórico de trabalho voluntário da alagoana na plataforma, que gerou a nomeação de Dandara para integrar o conselho global  em que os membros representam anfitriões de todo mundo – como a representação no conselho não é distribuída por país, Dandara não foi escolhida, por exemplo, apenas por ser brasileira, já que esse não é um pré-requisito para o conselho.   

“É um trabalho que sempre fiz por paixão e que agora entra num novo patamar de responsabilidade com o privilégio de dar voz a milhões de anfitriões do mundo inteiro”, diz a alagoana, cuja nomeação para o conselho inclui cláusulas de confidencialidade pelo poder de conhecer e opinar, em primeira mão, os projetos inovadores de uma das plataformas mundiais de hospedagens do mundo inteiro.